How Many People are Around

Conheça uma biblioteca para o Python de nome howmanypeoplearearound que numa tradução seria: Quantas pessoas Estão em Volta. Com esse código é possível sondar o número de aparelhos WiFi que estão buscando uma rede para se conectar.

Vi no Twitter uma chamada para uma postagem de como contabilizar a quantidade de pessoas próximas a você através de um pacote do Python. Resolvi ir atrás e entender o funcionamento da "brincadeira".

Tudo ocorre através do WiFi! Isso porque, dispositivos como celulares ficam a todo momento enviando sinais na busca de redes WiFi e é através dessa requisição que um desenvolvedor escreveu uma biblioteca para contabilizar quantas requisições estão sendo disparadas.

O mais interessante é que essa é uma forma de invadir a privacidade de pessoas anônimas e possui muito mais utilidade do que você possas supor num primeiro momento, até porque, o experimento não acabou nesta simples aplicação.

Essa tecnologia pode ser utilizada para contabilizar o número de pessoas em um show, numa manifestação ou num aglomerado de pessoas.

Também poderíamos mensurar a quantidade de pessoas que estão próximas a determinada loja.

No entanto, pensando, a melhor utilidade que achei que pudesse ser feita com uma ferramenta dessas é verificar se num determinado lugar, como por exemplo, em exames e provas, existe dispositivos móveis ligados e fazendo solicitações.

O gráfico em anexo mostra os colegas de trabalho chegando pela manhã :D

Monitoramento de solicitações via WiFi Monitoramento de solicitações via WiFi

É importante lembrar que para poder utilizar essa ferramenta você precisa de um tipo especifico de adaptador WiFi que pode ser adquirido, segundo o autor, por aproximadamente $10.

Para maiores informações, acesse o link no Github, faça um clone, utilize e deixe um comentário posteriormente contando a sua experiência!

DETERMINANDO A LOCALIZAÇÃO COMO DISPOSITIVOS Raspberry PI

Se não fosse o bastante, ainda é possível ir muito além! Pela rede WiFi também é possível e de várias formas, calcular com precisão o posicionamento geográfico do aparelho envia solicitações à rede WiFi.

O desenvolvedor explica como obtém o posicionamento que, de forma bastante resumida, podemos dizer que a localização é determinada através do posicionamento de alguns Raspberry PI contendo a aplicação find-lf que é, na verdade, um plugin, uma extensão do módulo FIND. Ambos projetos foram escritos em Python.

Veja na imagem abaixo o posicionamento em que os dispositivos estão dispostos.

Calculando o posicionamento geográfico com o plugin FIND-lf Imagem contendo outra representação da disposição dos Raspberry PI

FIND: THE FRAMEWORK FOR INTERNAL NAVIGATION AND DISCOVERY

O FIND é um acrônimo de Framework for Internal Navigation and Discovery e trata-se do framework principal e fornece suporte aos outros que acabamos de ver.

Segundo a documentação oficial, temos que o mesmo é uma biblioteca para possibilitar a Navegação Interna e a Descoberta (FIND). Através de uma simples antena WiFi é possível determinar o posicionamento de um Smartphone (Android) dentro de uma casa ou escritório bastando somente habilitar a rede WiFi (laptop ou Raspberry Pi ou etc.)

A documentação sugere o uso deste sistema ao invés da utilização de sensores de movimento. Isso porque, a sua resolução permitirá que o teu telefone distingua se estás na sala de estar, na cozinha ou no quarto, etc. A informação da posição poderá ser usada de várias maneiras, incluindo no uso de automação residencial.

O sistema foi construído através de dois componentes principais: um servidor e um dispositivo de impressão digital. O dispositivo de impressão digital ( programa de computador ou aplicativo Android ) envia os dados especificados para o servidor que utilizar Machine Learning para armazenar as impressões digitais e para analisa-las. Em seguida, o mesmo retorna o resultado do dispositivo e armazena o resultado no servidor para por exemplo, poder acessar via um navegador Web.

Calculando o posicionamento geográfico com o plugin FIND-lf

Por fim, é importante lembrar que todo o sistema faz uso de tecnologias abertas e o seu código fonte está disponível no Github.

O projeto além de possuir sua documentação no Github, também possui um site que contém basicamente as mesmas informações mas com uma apresentação mais comercial.



Tags python, wifi, monitorar, blog

Comentários

comments powered by Disqus