NOME DURAÇÃO
Curso PHP
Abertura do Curso de PHP
Visão Geral do PHP
Ambiente de Desenvolvimento PHP
Servidor Web PHP
Como instalar o WAMP no Windows - Curso de PHP
Instalando PHPStorm no Windows
URL e Apache com PHP
Hello World em PHP
Executando Scripts em PHP
TAG PHP
Montagem do HTML com PHP
Montagem do HTML com PHP II
Comentários em PHP
Definições da Linguagem PHP
Variáveis em PHP
Variáveis em PHP II
Nomenclatura de Variáveis em PHP
Operadores Aritméticos em PHP
Tipos de Dados do PHP
Módulo da Divisão em PHP
Tomada de Decisão em PHP
Tomada de Decisão - Estrutura else
Ambiente para Estudo PHP
Números Pares e Ímpares em PHP
A instrução elseif
Operadores Relacionais em PHP
Operadores Relacionais Parte II
Operadores Lógicos em PHP
Tela de Login e Senha com PHP
Introdução às Estruturas de Repetição em PHP
Instrução While em PHP
Introdução do-while em PHP
do-while - caso de uso com PHP
Script em Looping em PHP
Atribuição vs Comparação vs Identico em PHP
Operadores de Atribuição Compostos em PHP
Operadores de Incremento e Decremento em PHP
Estrutura de Repetição for do PHP
Estrutura de Repetição for do PHP (parte II)
Tabuada em PHP
Instrução break em PHP
Instrução continue em PHP
Operação Ternária em PHP
Operação Ternária em PHP (parte II)
Estrutura de Seleção Múltipla switch em PHP
Estrutura de Seleção Múltipla switch em PHP (parte II)
Precedência e Associatividade de Operadores em PHP
Constantes em PHP
Variáveis Variáveis em PHP
Introdução aos Arrays em PHP
Arrays Indexados em PHP
Definindo, Incluindo, Alterando e Excluindo elementos em PHP
Função range() em PHP
Iterando Arrays em PHP
Estrutura foreach em PHP
O foreach em PHP - Como usar?
Estrutura foreach - alterando valores internos
Arrays Associativos em PHP
Arrays Multidimensionais em PHP
Manipulação de Arrays em PHP
Introdução às Funções em PHP
Definindo parâmetros em PHP
Parâmetros default com PHP
Lista de Parâmetros em PHP
Lista de Parâmetros em PHP II
Funções variádicas em PHP
Retorno de Valores pela função em PHP
Funções e Escopo de Variáveis em PHP
Parâmetros por Referência em PHP
Parâmetros por Referência em PHP II
Parâmetros Tipados em PHP
Valores de retornos de funções tipados em PHP
Null Coalescing Operator em PHP
Operador SpaceShift em PHP
Importação: include() e require() do PHP
Introdução às Funções Anônimas em PHP
Escopo de nomes das funções anônimas em PHP
Funções Anônimas na Prática com PHP
Funções Anônimas e Arrays com PHP
Introdução às Strings em PHP
Aspas Duplas vs Aspas Simples em PHP
String Aspas Duplas em PHP
String heredoc e nowdoc em PHP
Funções para Manipulação de Strings em PHP
Introdução às Requisições Web em PHP
Método GET em PHP
Formulários HTML e PHP
Método POST com PHP
Variáveis superglobais do PHP
A Orientação a Objetos em PHP
Primeira Classe em PHP
Membros de Classe em PHP
Criação de Objetos em PHP
Acessando Membros de Classe em PHP
Implementando Comportamentos de Classe com PHP
Pseudo-variável $this em PHP
Gerenciando Atributos de Classe em PHP
Construtores em PHP
Construtores Personalizados em PHP
Destrutores em PHP
Encapsulamento em PHP
Encapsulamento em PHP (parte II)
Herança em PHP
Herança com PHP II
Modificadores de Acesso em PHP
Visibilidade das Funções em PHP
Funções Modificadoras em PHP
Sobrescrita de Funções em PHP

Nesta aula teremos uma visão geral sobre a linguagem PHP, veremos seus principais recursos, suas principais características e a razão pela qual há tantas pessoas utilizando essa linguagem ao redor do mundo.

VISÃO GERAL DO PHP

introdução

O PHP é uma das linguagens mais utilizadas do mundo e, para o desenvolvimento Web a mesma ainda é a mais utilizada. Isso não significa que o PHP seja a melhor linguagem, mas sim que o mesmo possui uma grande adoção pela comunidade de desenvolvimento.

Atualmente, todos que desenvolvem para WEB possuem no mínimo, uma noção da linguagem PHP, isso porque, a mesma deriva da linguagem C e C++, mesmo que em suas primeiras versões, tenha sido criada com a linguagem PERL.

o que significa PHP?

O ermos PHP é um assíncrono de Hypertext Preprocessor, ou seja, uma linguagem de processamento de hipertexto. Hipertexto é chamado todo texto que possui links internos para a navegação entre diferentes páginas.

Antigamente, nas primeiras versões da linguagem PHP, dizia-se que o termo era um assíncrono de Personal Home Page, porém, atualmente, essa definição vem sendo negada até pela documentação oficial e, infelizmente, poucos ousam a relembrar as verdadeiras origens do termo.

server-side
O termos server-side vem do Inglês e significa que o código é executado do lado do servidor. Server vem de servidor e side significa lado, por isso Server-Side, ou seja: Do lado do servidor.
documentação e comunidade

Uma tecnologia para fazer sucesso precisa, antes de tudo, de excelente documentação. Até porque, não há como um conhecimento se difundir quando não existe uma fonte primária para consultar e assim, aprender e ensinar algum conceito.

Por isso, quando você tiver algum problema ou então, não souber utilizar alguma instrução, esteja certo que, muito provavelmente, alguém já teve a mesma dúvida que você e por isso, encontrarás alguma documentação em alguma parte da Web.

A comunidade PHP é gigantesca no mundo e esse talvez seja o fenômeno do porque, tudo está tão bem documentado e com tantos exemplos disponíveis. Seja em inglês, português ou espanhol, há centenas de sites que trazem bastante documentação sobre qualquer aspecto da linguagem.

grandes frameworks
Existem grandes frameworks escritos em PHP, como por exemplo o Wordpress e o Magento que são, respectivamente, o maior sistema de blog e loja virtual do mundo. Ainda que isso não prove muita coisa é um excelente indicador do quão robusta está determinada tecnologia.
produtividade ao extremo
A linguagem PHP é uma linguagem viva e a cada nova versão a sintaxe e performance vem sendo aprimorada. Logo, conseguimos com o PHP uma produtividade que beira ao extremo e um processamento que equipara-se com as maiores tecnologias concorrentes.
fácil aprendizado

Observa-se que muitas pessoas tem como primeira linguagem o PHP, logo, o mesmo vem, indiretamente demonstrando que, pode ser uma excelente opção como primeira linguagem de programação.

O Curso de PHP da eXcript é um excelente lugar para todos que estejam dando os primeiros passos com a programação ou então, para aqueles que nunca antes ouviram falar sobre programação. Todo o nosso curso parte do princípio de que o aluno nada sabe e nada conhece, logo, abordamos o estudo desde o início, desde os fundamentos da Web e da lógica de programação.

interpretado
A linguagem PHP, ao contrário das linguagens C e C++ é interpretada, isto é, a mesma não possui as fases de compilação e geração de código binário. Até é possível compilar um código PHP, porém, normalmente, o código é interpretado no momento em que for solicitado.
paradigmas suportados
O PHP suporta vários paradigmas de programação, como a orientação a objetos, programação procedural, funcional dentre outros. Neste curso aprenderemos os diversos paradigmas separadamente.
multiplataforma
Hoje, existem interpretadores da linguagem PHP para praticamente todas as plataformas que rodam do lado do servidor. Por isso, é comum dizermos que o PHP é multiplataforma, ou seja, que pode ser executado em diversos sistemas operacionais e obter resultados semelhantes.
acesso a banco de dados

O interpretador da linguagem PHP foi escrito em C e C++, logo, podemos facilmente extender a linguagem, criar extensões e implementar funcionalidades, como por exemplo a conexão a banco de dados. De fábrica, o PHP se conecta ao SQLite e MySQL, porém, basta baixarmos extensões para nos conectarmos a outras bases de dados.

Por isso dizemo que a linguagem é extensível, pois, qualquer pessoa pode, facilmente, criar recursos e disponibilizar novas funções.



Tags curso, php

Comentários

comments powered by Disqus